9 de mar de 2014

Jards Nobre escritor de "Pássaros sem Canção e Curral de Pedras" é nosso novo autor parceiro

Jards Nobre é um cara muito gente boa, já foi professor do meu irmão e pena que não tive a ilustre oportunidade de estudar com ele. Mas, vamos deixar minhas tristezas de lado e vamos conhecer um pouco sobre o autor e suas obras?

BIOGRAFIA

Jards Nobre nasceu no distrito de Cipó dos Anjos, Quixadá (CE) e é autor de "Curral de pedras" (2009) e "Pássaros sem canção" (2013), romances neorregionalistas e neonaturalistas. Mestre em Linguística na Universidade Federal do Ceará, é professor de língua portuguesa em escola pública. Seus temas preferidos são as relações humanas e os conflitos psicológicos decorrentes das imposições sociais











SINOPSE DAS OBRAS

CURRAL DE PEDRAS

Nadja acaba de conseguir um emprego no recém-criado curso de Cinema na faculdade CELL, em Curral de Pedras, cidade interiorana. Na viagem para conhecer a cidade, ela é surpreendida em plena estrada por Tito, um garoto de 15 anos, que, visivelmente ferido em um acidente, lhe pede ajuda. Sensibilizada ao descobrir que o adolescente acabara de perder a única pessoa que tinha na vida, a professora resolve ajudá-lo, mas o menino subitamente desaparece. Perdida na nova cidade, ela conhece o professor Paulo, com quem inicia um relacionamento que poderia dar certo se não fosse o retorno do misterioso Tito, o qual passa a desestabilizar psicologicamente o casal, envolvendo-o num jogo de sedução aparentemente inocente. Numa linguagem dinâmica e moderna, o livro reúne suspense, mistério e ferrenha crítica social, sobretudo ao sistema de educação pública. É um retrato amargo da sociedade vazia e superficial, um novo olhar sobre as cidades do sertão e as pessoas que nelas vivem, elementos outrora mostrados com complacência pelos escritores regionalistas do século XX.


PÁSSAROS SEM CANÇÃO

Pássaros sem canção" é o 2° romance de Jards Nobre (autor de "Curral de Pedras", 2009) e conta a história de quatro adolescentes que têm suas vidas entrelaçadas e cruelmente devastadas pelas imposições da sociedade conservadora em que vivem. A maior parte da trama se desenvolve numa fazenda sertaneja da década de 80 e é contada em sucessivos flash-backs. É um romance que explora bem os recursos da prosa contemporânea (não-linearidade narrativa, linguagem fluida, fluxo de consciência, introspecção psicológica, final com quebra de expectativa), mas seguindo a tradição da prosa brasileira do fim do século XIX ao abordar os temas mais recorrentes no Realismo/Naturalismo (preconceitos, violência, loucura, descoberta do sexo, aborto etc.), além de servir como um retrato fiel da sociedade rural cearense do século XX, registrando tradições, crenças e expressões populares, o que põe o romance entre as maiores obras do regionalismo. A composição das personagens e a exploração do amor como um sentimento arrebatador e da natureza em sintonia com as emoções humanas dão ao livro um toque do Romantismo. Apaixonado, intenso, surpreendente e explícito, por vezes poético, "Pássaros sem canção" traz em si o signo da provocação e a qualidade literária de um autor que se reinventa a cada novo trabalho.






Para adquirir os livro, mande um e-mail para o autor solicitando o livro.
E-mail: jardsnobre@hotmail.com

2 comentários:

  1. Parabéns pela nova parceria.
    Amei as sinopses dos livros, principalmente a de Curral de Pedras.
    E que venham muitas novas parcerias e sucesso para o blog.
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir

Próxima Página